Profissionais de Saúde dão dicas de cuidados com a pele e a alimentação para curtir o Carnaval

Para curtir melhor a folia é importante tomar alguns cuidados para evitar complicações de saúde (foto: SES-AM)

Com a chegada do período de Carnaval, muitas pessoas aproveitam para curtir com a família e/ou com os amigos, para viajar e se divertir, mas é necessário ter atenção com a alimentação e com a pele. Por isso, a Secretaria de Saúde do Amazonas (SeS-Am) lista algumas dicas para aproveitar melhor o Carnaval e cuidar de si ao mesmo tempo.

Nutrição

De acordo com o Ministério da Saúde, a bebida alcoólica não é indicada para o consumo, principalmente em excesso, mas em caso de ingestão de álcool vale lembrar de dois fatores: a hidratação e a alimentação.

A nutricionista que é referência técnica em alimentação, Daíse Cunha, informa que se manter hidratado é importantíssimo para que não chegue ao estado de embriaguez, manter as funções do corpo adequadas e além disso cuidar da alimentação. “A alimentação precisa ser rica em frutas, com o teor de água um pouco mais elevado. Melancia, melão, laranja, tangerina. Estar sempre tomando a bebida que lhe convém junto com o copo de água, suco e também atentar para não consumir alimentos ricos em gordura”, explicou Daíse Cunha.

Segundo a nutricionista, a gordura misturada com a bebida alcoólica não traz uma sensação de bem-estar, então a pessoa pode sentir um pouco de náuseas, com sensação de tontura ou de vômito, alertou Daíse Cunha.

A nutricionista lembra que antes de sair de casa faça o folião deve fazer um um bom lanche, uma vitaminada ou um suco com um sanduíche natural. Salada, frutas, frango grelhado ou ovos cozidos são uma excelente fonte de proteína. “E conte com sua garrafa de água, curta seu carnaval com saúde e com consciência e evite o consumo da bebida alcoólica em excesso”, completou.

Pele

é recomendável que antes de sair de casa, use protetor solar (Foto: SES-AM)

Segundo o Diretor Clínico da Fundação Hospitalar de Dermatologia Tropical e Venereologia “Alfredo da Matta” (FUHAM), o médico dermatologista Renato Cândido, para evitar queimaduras do sol, é recomendável que antes de sair de casa, use protetor solar (ainda que o dia esteja nublado) especialmente no horário de 10 às 16 horas.

É importante escolher um fator de proteção, no mínimo 50, reaplicando o produto a cada três horas ou após episódios de intenso suor. Vale usar um meio físico para a proteção como chapéus e roupas. Também é importante não descuidar da hidratação, bebendo água ao longo das festas.

“Já as dermatites de contato e alergias não são contagiosas, mas sim reações do organismo a certas substâncias. Nesta época do ano, adereços das fantasias, maquiagens, spray colorido para cabelos são alguns dos itens que mais podem causar problemas para pessoas com alguma sensibilidade”, destacou Renato Cândido.

O médico explicou, ainda, que as pessoas que têm alergias, dermatites, rosácea ou pele mais sensível, devem evitar tais produtos. Mas, mesmo aquelas pessoas que nunca tiveram reações, para evitar surpresas, o ideal é utilizar produtos de boa qualidade, aprovados pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e, de preferência, fazer um teste antes, além de nunca passar qualquer um desses produtos em áreas machucadas ou feridas.

“A higienização da pele após o uso dos produtos também é importante, mas caso a pessoa manifeste alguma reação, deve-se lavar a área com água e assim que possível, procurar um profissional para avaliação”, completou.

Assim como outros produtos que possam irritar a pele, o uso de spray de espuma deve ser com cautela, não devendo ser ingerido ou inalado. Deve-se também evitar áreas machucadas, olhos e mucosas, e o contato prolongado com a pele. Após o contato, lavar abundantemente com água.

Para se proteger de calosidades e traumas, é importante evitar o uso de calçados mal adaptados para os seus pés; apertados ou folgados, com costuras ou outras estruturas internas mal posicionadas e que possam machucar, priorizando o uso de calçados confortáveis. Esses cuidados também evitam traumas ou cortes.