ACESSIBILIDADE

SUSAM

Secretaria de Estado de Saúde



Susam disponibiliza doses extras da tríplice viral aos municípios

10/09/2019 17:18:56

A Fundação de Vigilância em Saúde (FVS), vinculada à Secretaria de Estado de Saúde (Susam), informa que as doses extras de vacina tríplice viral, enviadas ao Amazonas pelo Ministério da Saúde (MS), já estão disponíveis aos municípios para o reforço na vacinação contra o sarampo. As 42.687 doses recebidas pelo Estado começaram a ser retiradas pelos municípios nesta semana na coordenação do Programa Estadual de Imunização, na sede da secretaria.

 

A meta é que os municípios iniciem na próxima segunda-feira (16/09) a intensificação da cobertura vacinal em crianças de seis meses a menores de um ano. De acordo com a diretora-presidente da FVS-AM, Rosemary Costa Pinto, o reforço na vacinação visa evitar um novo surto da doença no Estado, como o que ocorreu ano passado.

 

“As crianças da faixa etária de 6 meses a 11 meses e 29 dias já estão sendo vacinadas desde o ano passado durante o surto. Ainda assim, existe um grupo importante que precisa ser contemplado a partir desta nova intensificação de imunização”, avaliou a diretora.

 

A coordenadora do Programa Estadual de Imunização da FVS, Izabel Nascimento, explica que a ação não é campanha. “A vacina enviada pelo MS é considerada dose zero, já que a criança inicia efetivamente o calendário de vacinação aos 12 meses com a tríplice viral e aos 15 meses a segunda dose com a tetra viral, portanto, essa dose não será contabilizada para o calendário da criança, no entanto, é mais um reforço para impedir o adoecimento dos pequenos”, comentou.

 

Izabel acrescenta que todo dia é dia de vacinação para as faixas etárias de criança a idoso. “Além da tríplice viral, as salas de vacinas possuem 15 tipos de vacinas que protegem contra 45 tipos de doenças graves, dentre as quais tuberculose, meningite, febre amarela, gripe, poliomielite, hepatite A e B, sarampo, rubéola, rotavírus, difteria, tétano, coqueluche, varicela, que podem levar a sequelas severas até a morte”, alertou.

 

As vacinas são disponibilizadas nas unidades básicas de saúde na capital e no interior e a cobertura parcial de rotina da tríplice viral até agosto de 2019, é de 77,6%, abaixo da recomendação do Ministério da Saúde, que é 95%.

 

Reunião - Na próxima sexta-feira (13/09), a FVS-AM realiza reunião estratégica com os técnicos que atuam no Núcleo de Vigilância Epidemiológica Hospitalar, às 9h, no auditório da instituição. O evento tem como objetivo o alinhamento referente aos protocolos para o atendimento dos pacientes com suspeita de sarampo, pelos técnicos dos núcleos da rede pública e privada da capital.




FOTO: Reprodução/MS